Artigos
Artigos 7 de February de 2020

Community Economic Impact Series: Os Brasileiros em Boston

Em parceria com o Centro de Desenvolvimento Econômico da Prefeitura de Boston, o Consulado Geral do Brasil em Boston realizou uma mesa redonda – parte da série Impacto Econômico Comunitário – voltada à importância dos brasileiros para a economia local além de alguns aspectos importantes para o progresso da comunidade brasileira.

A apresentação no Consulado Geral do Brasil reuniu vários líderes da comunidade brasileira. Entre eles fizeram-se presentes Heloisa Galvão do Grupo da Mulher Brasileira, Lídia Souza do New England Community Center da cidade de Stoughton, e Natalícia Tracey do Centro do Trabalhador Brasileiro, além de outros representantes da comunidade brasileira. Estavam ainda presentes membros do Consulado Geral do Brasil e da Prefeitura de Boston. 

O Consul Geral do Brasil em Boston, Sr. Benedicto Fonseca Filho, conduziu os trabalhos da mesa e Alvaro Lima, Diretor de Pesquisas da Prefeitura de Boston, apresentou a pesquisa feita pelo Departamento de Pesquisas da Prefeitura de Boston.

O Centro de Desenvolvimento Econômico foi criado para atender diretamente os moradores e empresas da cidade de Boston. Seu objetivo é conectá-los com oportunidades de forma a que posaam crescer e prosperar. Todas as oficinas são gratuitas e abertas ao público.

A série de Impacto Econômico Comunitário realiza em vários bairros e comunidades, apresentações focadas em explorar o impacto econômico das diversas comunidades em Boston. O objetivo é engajar os moradores, ouvir suas reações aos dados apresentados e incentivar sugestões sobre as políticas e prioridades de desenvolvimento econômico da cidade. A apresentação a seguir é uma cópia da pesquisa realizada pelo Departamento de Pesquisas da Prefeitura de Boston:

PONTOS PRINCIPAIS:

Os brasileiros, nascidos no Brasil ou com ascendência brasileira, representam 0,6% da população de Boston (3.770 pessoas) em 2016;

Os brasileiros têm 2.370 empregos e aproximadamente 493 são trabalhadores independentes (self-employed);

81% dos brasileiros são nascidos no Brasil;

35% dos brasileiros têm entre 25 e 34 anos;

35% dos brasileiros com 25 anos ou mais têm pelo menos diploma de bacharel;

A taxa de participação da força de trabalho dos brasileiros é de 80%;

39% dos trabalhadores brasileiros em tempo integral ganham entre US $ 75.000 e US $ 99.999;

31% dos domicílios chefiados por brasileiros ou brasileiras possuem casa própria.

Fonte: 2012-2016 American Community Survey (PUMS), BPDA Research Division Analysis

 

 

Boston: Uma Cidade Prospera para Todos – Brasileiros

 

GALERIA DE FOTOS:

 

Tags: , ,